Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

A cabeça elabora os sentidos da alma...

C alma, andré nunes 2017 A gente se empresta como suporte para o outro, não como uma folha em branco mas sim como algo moldável a partir de todas as experiências que tivemos em vida nas relações. Seja o corpo na lida diária do por fazer e do feito, nas emoções do sorrir ao ranger de dentes ou ainda nos pensamentos e raciocínios sempre em livres tormentas pra onde a loucura nos leva e nos traz, o fato é que tudo isso é bastante complexo por envolver aspectos biológicos, psicológicos, sociais e culturais. Não é um labor fácil cuidar de pessoas que tem sérios comprometimentos na vida. Pessoas que padecem de sofrimentos psíquicos e físicos de gravidade relevante. De alguma maneira a gente é arrastado por correntezas muitas vezes inconscientes forjando em nossas consciências tantas dúvidas quanto respostas nas relações. Nesse movimento todo um lugar de paragem é necessário, nesse lugar somos conduzidos a ocupar aquilo que também carrega o nome de morada. Nessa morada abrigamos...

Últimas postagens

Serpente-Sergente-Ser*Ente.