EXTINTORES



Extintores(2005), xilogravura. André Nunes
Extintores são objetos-coisa estrategicamente colocados em pontos específicos, que tem por função extinguir, apagar, amortecer, apaziguar, destruir, exterminar, aniquilar, dissipar, pôr fora de uso, fazer desaparecer, dissolver, desfazer, saciar, satisfazer, perder-se de todo, consumir-se, esgotar-se, desfazer-se, acabar, morrer.
Quatro figuras representando esses verbos tão em voga na contemporaneidade. A primeira figura é Sigmund Freud, “descobridor do inconsciente” lugar onde foram postas as razões de atrocidades e barbaridades típicas do bicho-humano. A segunda figura representa nosso primo-irmão chipanzé, onde apenas 1% de toda sua genética aniquila a possibilidade de maior contato e comunicação conosco. A terceira figura representa um monstro, ser inexistente no Real, mas completamente vivo em nosso imaginário e cultura humana, o monstro para poder existir está dissolvido em cada um de nós. A quarta figura representa um extintor de incêndios, objeto criado pela tecnologia humana. Objeto-coisa presente em carros, edifícios e diversos lugares. Objeto que ali está, no aguardo de alguma tragédia, seja um incêndio de curtos-circuitos, seja um ataque de aviões.

Comentários

Postagens mais visitadas