APROXIMADAMENTE EM N SENTIDOS


UM ACONTECIMENTO É UM CORPO

É um corpo pois afeta, solicita afetos. Há que efetuar outros afetos.

É POTÊNCIA DE AÇÃO.

Os corpos efetuam Que forças são solicitadas? INFINITO= OUTRO/NOVO/RESSINGULARIZADO/+ DO QUE MÚLTIPLOS/ DIVERSIDADES...Que forças são solicitadas se só sabemos dos efeitos nos corpos? Dos corpos não sabemos nada.O QUE É EFEITO?Do encontro, o efeito, bom, esse efeito é um INCORPÓREO, não é mais um corpo. O que envolve esses corpos ( exemplo: o pensando, uma dor de cabeça, uma sensação), o efeito reveste o ENTRE OS CORPOS, isso é o ACONTECIMENTO. É O QUE ACONTECE ENTRE OS CORPOS.O encontro é também O ACONTECIMENTO. DO PATHOS, DA PAIXÃO, DO SOFRIMENTO DA PAIXÃO.Quando há paixão, sofre, há um ser afetado, paixão é uma das grandes expressões dos encontros. Pode gerar novas potências, novos encontros, novas solicitações.Só se sabe do corpo NO ACONTECIMENTO.O efeito desse ACONTECIMENTO insiste na superfície dos corpos, MARCA OS CORPOS.Para Espinosa O ACONTECIMENTO É FUNDAMENTAL. No acontecimento há PRODUÇÃO DE SENTIDO. As vezes coisas significativas (n significados) estão extremamente capturadas numa idéia de querer individual das pessoas.
Mas, O QUE ACONTECE QUANDO O ENCONTRO COMPÕE E DECOMPÕE POTÊNCIA?
A alegria e a tristeza sinalizam o efeito , o acontecimento dos encontros. É importante afirmar os efeitos dos encontro no corpo. Não negar, não dissociar, as pessoas tem que aprender com os encontros.
QUE POTÊNCIAS SÃO EFETUADAS NO ENCONTRO?
O que faz alguém que faz coisas bonitas achar que é burra e não sabe nada? O que faz? De onde produziu isso? Do que se trata quando se faz isso consigo?
No acontecimento há sentidos. O sentido( que aquilo que de alguma forma era chamado de significado/linguagem), o sentido pertence ao acontecimento. TEM SENTIDO?
ESSA QUESTÃO: TEM SENTIDO? NÃO EXISTE.
Mas sim: QUAL O SENTIDO? É cheio de SENTIDO, NÃO FALTA SENTIDO ( EM N SENTIDOS).

OS ACONTECIMENTOS TEM N SENTIDOS.

Em qual sentido?
Sentidos vigoram ou não vigoram nos acontecimentos.
OS CORPOS AFIRMAM OU NÃO SEUS SENTIDOS.
VIGORAR um sentido é AFIRMAR, EXERCER A POTÊNCIA DE AFIRMAÇÃO.
Poder pensar sentido.
Não é qual sentido mas EM QUAL SENTIDO.
SENTIDO É UMA EMERGÊNCIA, DIREÇÃO, UM TORNAR-SE ACESSO A EXPERIÊNCIA.
O CORPO NUM ENCONTRO FAZ VALER SUA POTÊNCIA, SEU SENTIDO.

FORÇA É NÃO DISSOCIAR DO QUE HABITA NOS ACONTECIMENTOS.

Comentários

mariquarentei disse…
lendo essa postagem reconheci em muitas partes dela o material de um dos encontros do "curso introdução a clínica da to como produção de vida"dev 2005. É isso? pois alguns trechos são idênticos as minhas anotações do curso do Rogéio da Costa que uso como referência para o tema.
mari quarentei
andre miolo disse…
é isso mesmo Mari, uma grande aula que assisti contigo há uns 3 anos atrás, estava guardada nas gavetas dentro das páginas de um cadernop verde. Era bacana demais pra ficar lá.
Valeu pela aula
grande abraço
andré

Postagens mais visitadas