DES-GE-LO



Daqui pra frente o que te escrevo é literatura. Palavra desvencilhada da tentativa de explicação. Proposição sem tema breve, sem tema leva, sem vontade de resposta ou objetivação. Não me peça coerência com o trato a letra, pois o que te aplicarei será fonema de dosagem curta. Como uma cabeça de fósforo que recém riscado acende, a queimar, onde o verbo queimando ou queimado, ainda-já e não mais está com definição.
Descubro uma parte esquecida dos desvencilhos da ausência póstuma, que de tanto festejar a melancolia da ausência é de se estranhar se não terá extremo gozo nessa penúria da alma, vai ver que assim é que fantasmas se divertem, mas eu que carecia (por perceber carência) de uma esteira de contato. Eu ao me ver narrando querelas do passado: ANTES TARDE DO QUE NUNCA...vi que as pazes a fazer não são com os outros mas sim: re-des-cons-tru-ir a paz comigo mesmo, com meu sistema, meus monstros e fantasmas, minhas fantasias, meus quereres e minhas vontades. Para poder mais do que sei, começo a saber que posso. Que de potência em potenciação, aos poucos, revitalizo o gelo de minha geladeira antiga, que pus a desgelar e agora respinga o que nem sabia estar estocado no fundo congelador.
Parto em-re-des-cons-tru-ir sentidos na vida, no exato átimo da hora em que lembrança da conversa franca com os integrantes da nave ppg, se deu. Disse naquele instante as coordenadas via de acesso, que eram, as que agora te passo:
instalação-habitar a precariedade-construir na precariedade-ruir por várias vezes-descontruir-se-garantir a bomba ao homem contemporâneo como sua maior certeza- viver a cidade- anular sua auto-biografia (Ítalo Calvino)... PROJETO PARA A VIDA: QUAL O SEU?

Comentários

Rose666 disse…
O meu projeto amigo é poder sentir a vida dentro de mim , e voceis ao olharem o meu rosto não se depararem com a tristeza e angustia.
Neste ano vários foram os retalhos de cobertor que compus, alguns de uma morbidez que até a mim assombrou. Mais vê o que acontece ela tá indo embora e não só mais estou esperando já tô sentindo aquele sentimento que uma vez me disso - a esperança - paixão triste . Para mim é uma grande alegria pois na minha desesperança não existia esperança .
respondo o meu projeto é estar viva e vida para mim é acreditar em nossos projetos dde trabalho, pesquisas, lutas é amar novamente e confiar em um homem , infelizmente passei do tempo de poder gerar um filho, mais enfim existe tantos para adotar , eu ainda quero ser mãe . Vê expor mazelas , morbidez, tristeza gera vida , lembra da mahavidya que viuva a ela mesma e da outra que venera o lixo .
Beijos
Namastê

Postagens mais visitadas