ELEVENM! APARELHAMENTO DE TOPOGRAFIAS!

(guache sobre papel, andre nunes, 2002)

Trabalho sobre PRO-POSTOS de EX- PERI- MENTA(R)-AÇÃO TOPOGRA(f)VÁVEIS...
No sentido de produzir ocupações nos humanos que os possam direcionar a locus vivendis postos nos territórios do existir mais amplo. Nesse sentido concordo com um diálogo que tive com Câmbio Chris, onde ela numa atitude franca e aberta diz-me que "palavras como máquina-maquínico e cartografias" estão surradas e desgastadas.
Fiquei a pensar que ela tem razão. Até fiquei sabendo de um maquínico numa tese recente de terapeuta ocupacional... enfim, EMA-EMA-EMA... Daí fiquei a pensar, e formei assim um ponto a partir do qual isso que denomino maquinomovel, linkagem vinda das concepções de máquinas deleuzianas, passasse a ser dito e entendido enquanto um chamamento da coisa.
Como se fosse uma chave pra um mapa de sentido , valores e sensibilidades emergentes, entendeu?
Esse emergente que te digo dá-se através do entendimento do que vem a ser APARELHO-APARELHAMENTO: dispor convenientemente, preparar, organizar, arranjar, dispor as peças que hão de servir para alguma obra...
Então fica assim, maquinomovel é um instrument0 chave para a maquinoativação em-aparelhamento.
E as cartografias, andré?
Bom, comecei a falar das cartografias ocupacionais quando estava a narrar os xiloacontecimentos.
Mas daí, comecei a ver que cartografia e xilogravura eram coisas que não muito combinavam, atualmente, a meu ver... cartografia, palavra ecoada em saberes recônditos vários, está certo que antigamente mapas eram feitos utilizando-se a linguagem da xilo enquanto suporte de reprodução em maior números as cópias de uma matriz debastada/entalhada.
Mas, no contemporâneo! No contemporâneo, seria possível fazer uma espécie de homenagem ao arcaico ao mesmo tempo que lançar num ultra-moderrno outra forma de nomear essa operação enquanto possibilidade de posicionamento frente a plataforma dos conhecimentos aqui na net. Comecei a imaginar, e pensar e daí percebi, que talvez TOPOGRAFIA, teria mais sentido com várias das operações realizadas não somente na arte de xilogravar (matriz de topo), quanto no próprio pensamento da clínica, fosse em viéses de elaboração de projetos e projeções terapêuticas através da idéia de várias saúdes inscritas em locus vivendis diversos, fosse localizar os sentidos de estado de certa paralização no qual alguém em estado de clínica se encontra e nessas há modulações de intensidades no locus existencial cujo mapa de intensidades por vezes não dá acesso e faz-se necessário adentrar o terreno numa estratégia exploratória entre A.T.-T.O. , assim como nessa tal de rede matricial que anda sendo feita em grande escala pelo território nacional através do Sistema Único de Saúde.
Pronto, P R O M P T instalado, nessa troca circular na rede relacional informativa faz-nos assim ocupar um devir diferente. Pois que me fez pensar em algumas atitudes ativas em minhas atividades dentre elas as artísticas e as terapêuticas. Hoje lanço a idéia para mentar ela depois.
Aqui, nesse novo PROMPT, passamos a circular regiões circundantes das ações pelas quais introduzi esse texto aqui:
  • EX: MOVIMENTO PARA FORA :separação, trasformação, intensidade, ausência, unido por um hífen ao substantivo que designa/desenha ESTADO-PROFISSÃO-EMPREGO. EX INDICA O QUE FOI, OU O LUGAR OU O POSTO QUE OCUPOU.
  • PERI: MOVIMENTO EM TORNO, POSIÇÃO EM TORNO
  • MENTAR: EMENDAR, RECORDAR, CONCEBER, INVENTAR, BOLAR
  • AÇÃO: EXISTEM 25 DEFINIÇÕES PARA A PALAVRA AÇÃO. AS QUE CONSIDERO MAIS RELEVANTES SÃO: 1. ATO OU EFEITO DE AGIR 2. MANIFESTAÇÃO DE UMA FORÇA, UMA ENERGIA DE UM AGENTE 3. MANEIRA SOBRE COMO UM CORPO, UM AGENTE, ATUA SOBRE OUTRO 4. CAPACIDADE DE MOVER-SE 5. MOVIMENTO- FUNCIONAMENTO 6. MODO DE PROCEDER 7. EXERCÍCIO DA FORÇA, DO PODER DE FAZER ALGUMA COISA 8. INFLUÊNCIA 9. ACONTECIMENTO, OCORRÊNCIA, SUCESSO 10. SOLENIDADE 11. SEQUÊNCIA DE ACONTECIMENTOS 17. PROCESSO QUE DECORRE DA NATUREZA OU DA VONTADE DE UM SER, O AGENTE, E DE QUE RESULTA CRIAÇÃO OU MODIFICAÇÃO DA REALIDADE.
  • PRO: A FAVOR DE
  • POSTOS : LUGARES ONDE SE ACHAM COLOCADOS UMA PESSOA OU UMA COISA.
  • POSTAR: PÔR NUM LUGAR OU POSTO, PERMANECER MUITO TEMPO, COLOCAR-SE, PÔR-SE
  • PROPOSTA: OFERECIMENTO, AQUILO QUE SE APRESENTA. A minha é implantar BANDEIRAS DEMARCANDO OS LOCUS EXISTENCIAIS DAS PESSOAS NO INTUITO DE CRIAR-MOS JUNTAMENTE SENTIDOS NAS VIDAS...
  • TOPO: LUGAR, LOCALIDADE, A PARTE MAIS ELEVADA, FIM, EXTREMIDADE, PONTA, O MAIS ALTO GRAU CONCEBÍVEL OU QUE SE POSSA ALCANÇAR, SUPERFÍCIE OU LADO DE MENOR DIMENSÃO, DE TOPO: DE REPENTE, DE SUPETÃO
  • TOPOGRAFAR: FAZER ARTE DE REPRESENTAR NO PAPEL ("OCUPACIONAL") A CONFIGURAÇÃO DUMA PROÇÃO DE TERRENO ("LOCUS EXISTENCIAIS") COM TODOS OS ACIDENTES E OBJETOS QUE SE ACHEM A SUA SUPERFÍCIE...

Cartografia no dicionário que dizer, "tratado sobre mapas", "aquele que traça cartas geográficas"... ou seja, outro modo de operar, EMA-EMA-EMA...

saudações

andré

Comentários

Postagens mais visitadas