INSTRUÇÕES VERDADEIRAS DE BARTHOLOMEU : DO ESPIRITUAL NO EXPERIMENTAL




"Nada sou, nada posso, nada sigo.


Trago, por ilusão, meu ser comigo


Não compreendo, compreender nem sei


Se hei de ser, sendo nada, o que serei?”


Comentários

Postagens mais visitadas