INSTRUÇÕES VESPÉRICAS: AMANHÃ VAI SER OUTRO DIA!

1206 - Em Diyar-Bakir, Badi Al-Zaman AbulI-Ezz Ibn Ismail Ibn Al-Razzaz Al-Jazari (1150?-1220?) escreve o Livro do Conhecimento de Procedimentos Mecânicos ou A Ciência dos Maquinismos Engenhosos, contendo descrições e ilustrações sobre relógios (como um aparelho de água com automatismos), fontanários e dispositivos de fluxos perpétuos, instrumentos para fazer subir ou cair líquidos e uma miscelânea de outros apetrechos - integrando os dois elementos tecnológicos essenciais: a sagacidade funcional e o sortilégio ornamental. Al-Jazari estava vinculado a Nasir Al-Din, e permaneceu vinte e cinco anos com a família governante, tendo ainda servido o pai e o irmão deste monarca. O patrocínio dos Artúquides - dinastia que manteve uma precária autonomia durante o Século XIII na Mesopotâmia - compreendia, além de financiamento, salário e habitação. Assim, pôde dedicar o seu tempo a estudar, pesquisar, escrever e inventar. Al-Jazari considerava-se um elo pessoal em longa sucessão de artífices e engenheiros. Preocupado com a inovação, descreve com detalhe e minúcia os vários equipamentos - contudo, falhando por vezes na tentativa de fornecer dados coerentes quanto ao processamento matemático e geográfico.



texto linkado do site:

http://www.truca.pt/imaginario_material/imaginario78_86.html












Comentários

Anônimo disse…
NAMASTÊ

SEM DÚVIDA EM DETERMINADAS SITUAÇÕES UM CUPIM TEM MAIS POTENCIA QUE UM TIGRE

Postagens mais visitadas