Quem não tem, quem não tem, quem não tem...


Desbravando pelas fronteiras desventuradas do que fosse um.
Entrávamos prodigiosos num tempo ou atmosfera de maior certeza de apropriação.
Eis que de dentro,do advento, contemporâneo do outro lado, do extra-site... sei lá eu!
O fato é. Fomos atacados por hackers que tomaram para si o nome do nosso blog.
É, pessoal! Agora quem acessar apenas o www.maquinomovel.com cai numa página sobre telefonias móveis. Nossas linhas foram re-ocupadas.
Já recebi uma série de mensagens ( duas,kkkkk!) me avisando sobre isso.
Me deu um medo! Quando tentei entrar na página novamente e ver que todo o conteúdo construído aqui tivesse ido pra zona fantasma... ufa, isso não aconteceu.
Então, voltamos a configuração inicial. www.maquinomovel.blogspot.com .
Torcendo para que aos poucos as pessoas possam nos encontrar. Quem buscar via google ou etceteras e tal não cairá aqui. Vale um esforço de quem curte essas páginas, escolher seguí-las, mesmo que em anonimato. Pelo jeito a coisa-plataforma rareou em acessos. Tinahmos em média 25 visitas diárias. Com o roubo do nome, passamos a 3 ao dia.
Enfim, no more DRAMA!É bola pra frente, porque, como diria Dejours: SAÚDE É QUANDO TER ESPERANÇA AINDA É POSSÍVEL.
Vamos as boas de hoje. Fim de semana Está acabando. Domingo de semi-sol na cidade de santos-sp. Ponho aquela sunga amarela ouro velho e salgo o rego, ou não? Ninguém merece essa visão do mal estar na civilização!
Fiquei pensando muito se valia a pena transformar tudo isso numa versão impressa. Um caderno-livro- sei lá o que. Um livro digital... enfim, algo mais sólido.
Ao perder o endereço de antes, todas as referências nas quais fomos citados caíram em desuso. Sim, baby, as torres americanas são mesmo um marco do terrorismo, servem como metáfora para os tempos atuais.
A academia salva seu conhecimento na forma de teses e artigos. Os meios eletrônicos de configuração de saberes outros não contam com a segurança dadas ás mesmas, mas permitem uma situação experimental sem igual.
Adrenalina no fazer!
Em minha tórrida cabeça tupiniquim ficava a pensar, será que vale o grande risco ousar compor essas escritas em meio tão inseguro? Será que as letras postas aqui como meio de formatar o pensamento encontram destinos que nelas buscam orientação?
Ano passado, durante os estudos com mari e eliana, ousei formular a seguinte questão;
Você tem medo que a terapia ocupacional acabe ou vire uma profissão como a de alfaiate, coisa rara de se encontrar quando estamos nos tempos atuais? Se no exterior a profissão luta, junto a world federation of occupational therapy, para se consolidar contando no planeta inteiro apenas com 60 países onde a mesma é reconhecida, aqui no Brasil a coisa desanda com um conselho federal de classe sofrendo pressão por parte de alguns fisioterapeutas para que um de nossos instrumentos de trabalho possa dar a eles o direito de fazer o que fazemos... a questão levantada ficou pulsando com força, desassossegando meu heart!
Mas, ao ter o endereço dessa página roubado, fiquei ainda mais pensativo sobre isso tudo. Vou conversar seriamente com meus botões. Como Natanael , um anjo daqueles(!), me alertou ontem em seu cuidado. Natanael: _ A serpente está na terra e o programa está no ar!
Boas novas são bem vindas.
Abç
andré


Comentários

mariquarentei disse…
UAU! hackers!!! achei D+... coisa do outro mundo.
BRAVO! por recuperar td.
1 alívio
tua foto está linda ...e o blog tb
bjo!

Postagens mais visitadas